A Zizuh automatiza o processo de compras de moeda estrangeira no exterior, utilizando criptoativos como meio facilitador. Os robôs e algoritmos da Zizuh identificam oportunidade de compra e venda de criptomoeda através do par Real e Dólar, executando simultaneamente a aquisição e revenda de criptoativos, obtendo assim uma ótima cotação final sem se colocar em risco cambial. Como o objetivo do processo não é obter lucro na revenda de criptomoedas, apenas agir como um agente facilitador, não existe lucro na revenda do criptoativo e nem é mantido nenhum estoque.

Portanto, não é necessário a declaração de lucro na compra e venda criptoativos ou posse do mesmo, pois são adquiridos e vendidos de forma instantânea sem obter lucro já que são utilizados apenas como meio para encontrar melhores valores da moeda final (dólar, real e por aí vai...). Mesmo assim, a Zizuh automatiza a declaração da compra e venda desse ativo para os clientes (de acordo com a IN1888), não sendo necessário se preocupar com isso.

Após a automação da compra e revenda do criptoativo, seu saldo em dólar fica disponível. Portanto, é necessário a tributação do IOF – Imposto sobre o operação financeiras. Conforme regulamentação, se você precisa enviar dinheiro do exterior para o Brasil, será cobrado o IOF.

Caso queira enviar dinheiro para fora do país, existe mais de uma possível cobrança do IOF. As principais são:

1- Para contas de mesma titularidade: o IOF será de 1,1%;

2- Para conta de terceiros: a alíquota fica em 0,38%.

3- Para gastos no cartão de crédito/débito emitido no Brasil: a alíquota criada para estimular compras no mercado interno sobe para 6,38%.

Entenda aqui um pouco melhor sobre o que é o IOF e os possíveis valores cobrados para esse imposto.

Além disso, caso você mantenha seu saldo em dólar, é necessário a contabilização da existência ou não de lucro na utilização do saldo no dia do uso dessa moeda em relação ao Real do dia que foi adquirido. Ou seja, se você utilizou seu saldo de dólares em um dia diferente da aquisição, com o Zizuh você pode identificar o tributo através de um relatório gerado caso exista, e enviar a declaração preenchida.

Cálculo do Imposto

O imposto sobre o ganho de capital é calculado de maneira diferente em se tratando de pessoa física ou pessoa jurídica.

Para pessoas jurídicas, apurado o ganho (diferença entre custo de aquisição e valor de alienação) este é somado ao lucro da empresa e tributado conforme a opção pelo lucro presumido ou lucro real.

1) Pessoa física aplica-se as seguintes alíquotas:

Nesse caso, a Receita Federal informa uma isenção de IRPF no caso de venda de valores de até R$ 35 mil/mês, pois não não há tributação sobre venda de bem considerado de pequeno valor, apesar de ainda precisar ser declarado.

I - 15% sobre a parcela dos ganhos que não ultrapassam R$ 1.000.000,00;

II - 20% sobre a parcela dos ganhos que excedem R$ 1.000.000,00 e não ultrapassam R$ 5.000.000,00;

III - 25% sobre a parcela dos ganhos que excedem R$ 5.000.000,00 e não ultrapassam R$ 20.000.000,00; e

IV - 30% sobre a parcela dos ganhos que ultrapassam R$ 20.000.000,00.

2) Pessoa física sujeita-se as seguintes alíquotas:

I – 15% sobre a parcela dos ganhos que não ultrapassam R$ 5.000.000,00;

II – 17,5% sobre a parcela dos ganhos que excedem R$ 5.000.000,00 e não ultrapassar R$ 10.000.000,00;

III – 20% sobre a parcela dos ganhos que excedem R$ 10.000.000,00 e não ultrapassam R$ 30.000.000,00 e;

IV – 22,5% sobre a parcela dos ganhos que ultrapassam R$ 30.000.000,00.


Conclusão

Em muitos casos, o Zizuh pode funcionar não só como um facilitador de negócios através de pagamentos ou recebimentos internacionais mas pode também diminuir a tributação, como é o caso de uma possível desvalorização do dólar.
Caso o usuário compre um dólar à 6 reais e utilize-o quando este estiver a 5 reais, perde-se 1 real e diminui-se esse valor no lucro da empresa, diminuindo consequentemente os tributos a serem pagos.

Gostou? Vamos conversar....

Entre em nosso site ou clique aqui para entender mais, receber um presentinho especial e começar agora a economizar!